Quinta-feira, 2 de Agosto de 2007

Eu Quero Ser Feliz - Angela Moura

A partir de agora,
NÃO VOU MAIS:
Censurar os erros do passado...
Passarei minha vida a limpo e
farei deles meu aprendizado.
Paciência... Continuarei errando,
porque só erra quem faz;
Criticar ou tentar modificar alguém...
Mudarei, apenas, minhas atitudes.
Vou mudar para melhor, sabe por quê?
Ganho eu e quem me ama também;
Abrir mão de meus sonhos...
Lutarei sempre para que eles aconteçam.
Mesmo que eu leve uns bons tombos, vencerei meu medo e continuarei correndo atrás do melhor para mim;
Colocar minha felicidade
nas mãos de alguém...
Vou ser feliz de qualquer jeito.
De preferência, amando quem me ama,
tem preocupações comigo e torce para me ver feliz;
Passar a vida esperando
pelo que desejo que aconteça...
Vou aproveitar hoje mesmo,
enquanto o amanhã não chega.
Aprenderei a curtir cada momento com o que existe de bom, aqui e agora; 
Ficar com pena de mim
pelos meus problemas e tropeços...

Agradecerei a Deus minha força
e por ter sobrevivido a eles.
Lembrarei sempre que dificuldade, em vez de castigo, é o maior estímulo à minha criatividade; 
Ser pessimista e pensar no pior...
Ocuparei meu tempo com algo útil, que me divirta ou que possa ajudar alguém.
Vou esperar pelo melhor, valorizar cada amigo e cada coisa boa que aparecer em minha vida;
Despejar problemas nos ombros de amigos...
Aproveitarei a presença deles para me alegrar. (Quando muito, vou pedir um colinho...rsss.)
Saberei respeitar e preservar meus amigos, e, com tanto carinho e benquerença, nunca me sentirei só, né?;
Querer ser modelo de perfeição
ou copiar o dos outros...
Vou me aceitar como sou, e dar
o melhor de mim em tudo que fizer.
Acima de tudo: amar, amar, amar... 
e ser MUITO AMADA.
 A partir de hoje,
vou viver plenamente,
sem medo e
MUITO FELIZ.
publicado por noiteassombrada às 14:52
link | comentar | ver comentários (1) | favorito

Charlie Chaplin

 

"Já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis.
Já fiz coisas por impulso, já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei me decepcionar, mas também decepcionei alguém.
Já abracei pra proteger, já dei risada quando não podia, fiz amigos eternos, amei e fui amada, mas também já fui rejeitada, fui amada e não amei.
Já gritei e pulei de tanta felicidade, já vivi de amor e fiz juras eternas, "quebrei a cara" muitas vezes!
Já chorei ouvindo música e vendo fotos, já liguei só pra escutar uma voz, me apaixonei só por um sorriso, já pensei que fosse morrer de saudade e tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo)! Mas vivi! E ainda vivo! Não passo pela vida... e você também não deveria passar! Viva! Bom mesmo é ir à luta com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve e a vida é MUITO para ser insignificante."

publicado por noiteassombrada às 14:43
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 4 de Junho de 2007

Quando Me Amei de Verdade

Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância,

 eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.

E então, pude relaxar.

Hoje sei que isso tem nome...Auto-estima.

Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia,

meu sofrimento emocional,

não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.

 Hoje sei que isso é...Autenticidade.

Quando me amei de verdade,

parei de desejar que a minha vida fosse diferente

e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.

Hoje chamo isso de... Amadurecimento.

Quando me amei de verdade, comecei a perceber

como é ofensivo  tentar forçar alguma situação ou alguém

apenas para realizar aquilo que desejo,

mesmo sabendo que não é o momento

ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.

Hoje sei que o nome disso é... Respeito.

Quando me amei de verdade

comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável.

Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo.

De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.

Hoje sei que se chama... Amor-próprio.

Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre

e desisti de fazer grandes planos,

abandonei os projetos megalômanos de futuro.

Hoje faço o que acho certo, o que gosto,

quando quero e no meu próprio ritmo.

Hoje sei que isso é... Simplicidade.

Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão

e com isso, errei muitas menos vezes.

Hoje descobri a... Humildade.

Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado

e de preocupar com o futuro.

Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.

Vivo um dia de cada vez.

Hoje descobri a... Plenitude.

Quando me amei de verdade, percebi que minha mente

pode me atormentar e me decepcionar.

Mas quando a coloco a serviço do meu coração,

ela se torna uma grande e valiosa aliada. Tudo isso é...

Saber viver!!!

(Charles Chaplin)

publicado por noiteassombrada às 15:52
link | comentar | favorito
Terça-feira, 22 de Maio de 2007

POEMA PARA UM BOM DIA

 

Faça como os passarinhos, comece o dia cantando.
A música é alimento para o espírito.
Cante qualquer coisa, cante desafinado, mas cante!
Cantar dilata os pulmões e abre a alma para tudo de
bom que a vida tem a oferecer.
Se insistir em não cantar, ao menos ouça muita
música e deixe-se absorver por ela.
Ria da vida, ria dos problemas, ria de você mesmo.
A gente começa a ser feliz quando é capaz de rir da
gente mesmo.
Ria das coisas boas que lhe acontecem, ria das
besteiras que você já fez.
Ria abertamente para que todos possam se contagiar
com a sua alegria.
Não se deixe abater pelos problemas.
Se você procurar se convencer de que está bem, vai
acabar acreditando que realmente está e quando
menos perceber vai se sentir realmente bem.
O bom humor, assim como o mau humor, é contagiante.
Qual deles você escolhe?
Se você estiver bem humorado, as pessoas ao seu
redor também ficarão e isso lhe dará mais força.
Leia coisas positivas. Leia bons livros, leia poesia,
porque a poesia é a arte de azeitar a alma.
Leia romances, leia a Bíblia, estórias de amor, ou
qualquer coisa que faça reavivar seus sentimentos

mais íntimos, mais puros.
Pratique algum esporte.
O peso da cabeça é muito grande e tem que ser
contrabalançado com alguma coisa!
Você certamente vai se sentir bem disposto,

mais animado, mais jovem.
Encare suas obrigações com satisfação.
É maravilhoso quando se gosta do que se faz, ponha
amor em tudo que está ao seu alcance.
Desde que você se proponha a fazer alguma coisa,
mergulhe de cabeça!
Não viva emoções mornas, próprias de pessoas mornas.
Você pode até sair arranhado,

mas verá que valeu muito mais a pena.
Não deixe escapar as oportunidades que a vida lhe
oferece, elas não voltam!
Não é você quem está passando, são as oportunidades
que você deixa de usufruir.
Nenhuma barreira é intransponível se você estiver
disposto a lutar contra ela; se seus propósitos forem
positivos, nada poderá dete-los.
Não deixe que seus problemas se acumulem, resolva-os logo.
Fale, converse, explique, discuta, brigue: o que mata é o
silêncio, o rancor.
Exteriorize tudo, deixe que as pessoas saibam que
você as estima, as ama, precisa delas,

principalmente em família.
Volte-se para as coisas puras, dedique-se à natureza.
Cultive o seu interior e ele extravasará

 beleza por todos os poros.
Agradeça a DEUS o que você tem

e você sempre terá mais do que precisa.
Tenha fé em algo mais poderoso do que você mesmo,
em DEUS.
Você terá estímulo para viver,

do contrário nada fará sentido.
Não tente, faça.
Você pode!
Perca tempo escolhendo um amigo,

mas perca ainda mais quando tiver que trocá-lo.

 

(Benjamin Franklin)

publicado por noiteassombrada às 15:10
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 18 de Maio de 2007

Mude

Mude

...mas comece devagar,
porque a direção é mais importante
que a velocidade.

Sente-se em outra cadeira,
no outro lado da mesa.
Mais tarde, mude de mesa.

Quando sair,
procure andar pelo outro lado da rua.
Depois, mude de caminho,
ande por outras ruas,
calmamente,
observando com atenção
os lugares por onde
você passa.

Tome outros ônibus.
Mude por uns tempos o estilo das roupas.
Dê os teus sapatos velhos.
Procure andar descalço alguns dias.

Tire uma tarde inteira
para passear livremente na praia,
ou no parque,
e ouvir o canto dos passarinhos.

Veja o mundo de outras perspectivas.
Abra e feche as gavetas
e portas com a mão esquerda.

Durma no outro lado da cama...
depois, procure dormir em outras camas.

Assista a outros programas de tv,
compre outros jornais...
leia outros livros,
Viva outros romances.

Não faça do hábito um estilo de vida.
Ame a novidade.
Durma mais tarde.
Durma mais cedo.

Aprenda uma palavra nova por dia
numa outra língua.
Corrija a postura.
Coma um pouco menos,
escolha comidas diferentes,
novos temperos, novas cores,
novas delícias.

Tente o novo todo dia.
o novo lado,
o novo método,
o novo sabor,
o novo jeito,
o novo prazer,
o novo amor,
a nova vida.

Tente.
Busque novos amigos.
Tente novos amores.
Faça novas relações.

Almoce em outros locais,
vá a outros restaurantes,
tome outro tipo de bebida
compre pão em outra padaria.
Almoce mais cedo,
jante mais tarde ou vice-versa.

Escolha outro mercado...
outra marca de sabonete,
outro creme dental...
tome banho em novos horários.

Use canetas de outras cores.
Vá passear em outros lugares.
Ame muito,
cada vez mais,
de modos diferentes.

Troque de bolsa,
de carteira,
de malas,
troque de carro,
compre novos óculos,
escreva outras poesias.

Jogue os velhos relógios,
quebre delicadamente
esses horrorosos despertadores.

Abra conta em outro banco.
Vá a outros cinemas,
outros cabeleireiros,
outros teatros,
visite novos museus.

Mude.
Lembre-se de que a Vida é uma só.
E pense seriamente em arrumar um outro emprego,
uma nova ocupação,
um trabalho mais light,
mais prazeroso,
mais digno,
mais humano.

Se você não encontrar razões para ser livre,
invente-as.
Seja criativo.

E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa,
longa, se possível sem destino.

Experimente coisas novas.
Troque novamente.
Mude, de novo.
Experimente outra vez.

Você certamente conhecerá coisas melhores
e coisas piores do que as já conhecidas,
mas não é isso o que importa.
O mais importante é a mudança,
o movimento,
o dinamismo,
a energia.
Só o que está morto não muda !

(Edson Marques)

publicado por noiteassombrada às 15:59
link | comentar | favorito

Aceite-me

 

Vida, aceite-me da maneira que venho...
Eu cheguei até você assim, desse jeitinho que sou;

Cheguei como um presente e como
um brilho de luz na escuridão...

Por isso não trago manchas...
Sou uma pessoa comum, entre tantas outras...
Tenho a sensibilidade do amor e tenho
também todas as dificuldades de um ser humano...

Não tenho a pretensão de ser perfeita e nem
tampouco a prepotência de querer estar além
do que posso...
Tenho contudo, a humildade de conhecer meus
limites, e de saber onde posso chegar!!!

Eu sou alguém que vive, que sonha...
Alguém que busca caminhos de realizações, e
de felicidade...
Sou alguém, que sofre, que luta, que chora...

Mas também sou alegria e sorrisos...
É assim que sou, e como todo meu semelhante,
sou única, sou indivisível...
E se você me procurar dentro de mim, me descobrirá
escondidinha na emoção...

E se olhar bem devagarinho, bem direitinho...

Verá que sou toda coração!!!

(Maria Celia da Rocha)

publicado por noiteassombrada às 15:54
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 14 de Maio de 2007

SONETO DO AMOR AO PRÓXIMO

Hoje eu olharei as pessoas simplesmente como pessoas sem nenhum preconceito ou opinião que me leve a separar as "más" das "boas", e a servir com base nessa tol conclusão. Hoje eu olharei as pessoas simplesmente como espelhos onde vejo refletidas minhas franquezas e virtudes de tal forma que as minhas críticas e conselhos sirvam antes para eu mudar minhas próprias atitudes. Hoje eu olharei as pessoas com aceitação total sem formalismos solenes ou distâncias social sem condenar seus defeitos ou zombar de suas limitações. Mas respeitando seus direitos, crenças e aspirações acolhendo o que cada um é, do jeito que cada um for eu hoje olharei as pessoas simplesmente com AMOR.

(Autor Desconhecido)

 

publicado por noiteassombrada às 21:56
link | comentar | favorito

Para as Mães..

 

 

MÃE

Você é a mais doce e pura criatura!
A dedicada esposa, mulher e protetora!
Você... Que me permitiu viver e sonhar
Que me amparou e me ensinou a caminhar!

MÃE

É seu, o mérito do sucesso que se diz meu!
Pois, você soube transmitir com seu amor,
Sem buscar descanso, com alegria e louvor,
A garra de luta e a grande vontade de vencer!

MÃE

Você plantou em mim a harmonia e a paz.
Soube ensinar-me a ser alguém antes de ter.
Você mostrou sempre como amar e a perdoar!

MÃE

Você... Ensinou-me a respeitar e ser respeitada!
Você... Ensinou-me a ter honra e ser honrada!
Você... Ensinou-me a sublime arte de ser Mãe!

 

 

A todas as mães.. Mas especialmente a minha:  TEREZA.. Um pouquinho atrasado, mas com todo amor do mundo.. EU TE AMOO!!

 

publicado por noiteassombrada às 15:05
link | comentar | favorito

Cicatrizes

 

Hoje abri meu baú de recordações...
Vasculhei sonhos, remexi ilusões, toquei feridas...
Toquei desilusões...

Coisas que marcaram, músicas que ficaram, poemas de Drummond...

Perfumes que ainda exalam e espalham pelo ar,
nos aromas de cada história vivida

e de cada sensação sentida, o néctar do meu passado!

E bem lá no fundo, escondido em meio às paixões esquecidas,
Encontrei um amor que tanto machucou, mas que o tempo cicatrizou...

Num misto de saudade e tristeza,
Revivi os tantos momentos...
De alegria e tormento...

Momentos felizes,
Momentos de festa e euforia..
Mas que foram momentos roubados, pela vida negados...

Um amor extirpado,
dois seres divididos, cada qual em seu caminho,
seguindo novos destinos, novos sonhos, novas paixões,novos desatinos,
novos recomeços...

Vida... Sábia conselheira, experiente timoneira,
nos conduziu a outras direções.

Tempo... Bálsamo de todas as dores, fecha todas as feridas, deixando em seu lugar apenas cicatrizes...

Mas hoje, ao te encontrar neste baú de recordações, não sei se de surpresa...

Pois te julgava esquecido,
não sei se de emoção...
que já não julgava sentir,
um soluço sufocou meu peito e eu chorei...

E assim, após tanta lágrima derramada,

senti minha alma lavada e foi aí que descobri...

Que as cicatrizes,
na verdade, são apenas
feridas disfarçadas...

(Cesare Belisarius)

publicado por noiteassombrada às 14:51
link | comentar | favorito

Pensamentos

"Sonhe com as
estrelas, apenas sonhe,
elas só podem brilhar no céu.
Não tente deter o vento,
ele precisa correr por toda parte,
ele tem pressa de chegar, sabe-se lá aonde.
As lágrimas?
Não as seque,
elas precisam correr na minha,
na sua, em todas as faces.
O sorriso!
Esse, você deve segurar,
não o deixe ir embora, agarre-o!
Persiga um sonho,
mas, não o deixe viver sozinho.
Alimente a sua alma com amor,
cure as suas feridas com carinho.
Descubra-se todos os dias,
deixe-se levar pelas vontades,
mas, não enlouqueça por elas.
Abasteça seu coração de fé,
não a perca nunca.
Alague seu coração de esperanças,
mas, não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-as.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!
Circunda-se de rosas, ama, e cala.
O mais é nada".
 

Fernando Pessoa

publicado por noiteassombrada às 14:42
link | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Eu Quero Ser Feliz - Ange...

. Charlie Chaplin

. Quando Me Amei de Verdade

. POEMA PARA UM BOM DIA

. Mude

. Aceite-me

. SONETO DO AMOR AO PRÓXIMO

. Para as Mães..

. Cicatrizes

. Pensamentos

.arquivos

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub